22 de Novembro - Jornada de Oração pela Paz

1º Mistério Gozoso - ANUNCIAÇÃO DO ANJO A NOSSA SENHORA

«No tempo de Herodes... o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem chamado José, da casa de David; e o nome da virgem era Maria. Ao entrar em casa dela, o anjo disse-lhe: “Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo... Hás de conceber no teu seio e dar à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus”... Maria disse ao anjo: “Como será isso, se eu não conheço homem?”. “O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo estenderá sobre ti a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer é Santo e será chamado Filho de Deus”... Maria disse, então: “Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo retirou-se de junto dela”». (Lc 1, 5.26-38)

MEDITAÇÃO
«A nossa vida é Tua, Senhor: Toma-a quando quiseres. Concede-nos comparecer diante de Ti sem rancor. Dá-nos a força para aceitar o nosso destino, porque a nossa esperança reside em Ti. Perdoa aos autores destes atos, para que um dia eles encontrem a Tua luz na sua vida. Santa Virgem Maria, recebe a nossa vida, e coloca-a nas mãos de Jesus». (Irmã Maria Madalena Bernard Nyirabiraho)

INTENÇÃO DE ORAÇÃO
Rezemos para que as armas sejam silenciadas. Rezemos pelo fim de toda a violência e de todo o conflito armado. Rezemos por todos aqueles que sofrem por causa dos conflitos bélicos. Rezemos para que depois de tanto sofrimento e tantos horrores, não se perca a esperança de alcançar uma solução pacífica e justa. Rezemos, com o Santo Padre, todos juntos: Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.

2º Mistério Gozoso - VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA À SUA PRIMA ISABEL

«Por aqueles dias, Maria pôs-se a caminho e dirigiu-se à pressa para a montanha, a uma cidade da Judeia. Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino saltou-lhe de alegria no seio e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Então, erguendo a voz, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. E donde me é dado que venha ter comigo a mãe do meu Senhor? Feliz de ti que acreditaste, porque se vai cumprir tudo o que te foi dito da parte do Senhor”. Maria disse, então: “A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador. Porque pôs os olhos na humildade da sua serva. De hoje em diante, me chamarão bem-aventurada todas as gerações”». (Lc 1, 39-48)

MEDITAÇÃO
«Cada dia devia começar com uma meditação da Escritura. Deveríamos ir ao encontro de Cristo antes de nos depararmos com os homens... Deus quer que a Sua Palavra seja lida e rezada. Entregamos nas Suas mãos tudo aquilo que Ele fará a partir da nossa oração. É preciso que o pastor seja fiel e obediente». As suas últimas palavras foram: «Para mim, é o fim, e também o princípio». (Dietrich Bonhoeffer)

INTENÇÃO DE ORAÇÃO
Rezemos por todos aqueles que tiveram de abandonar as suas famílias, as suas casas, as suas terras e os seus bens. Por todos aqueles que têm fome e não têm um teto para se abrigar. Rezemos pelos que vivem em campos de refugiados. Rezemos por todos os países que acolhem os deslocados, por todos aqueles que em todo o mundo oferecem ajuda, assistência e cuidados aos emigrantes e aos refugiados. Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.

3º Mistério Gozoso - NASCIMENTO DO MENINO JESUS EM BELÉM

«E, quando eles ali se encontravam, completaram-se os dias de ela dar à luz e teve o seu filho primogénito, que envolveu em panos e recostou numa manjedoura, por não haver lugar para eles na hospedaria. Na mesma região encontravam-se uns pastores que pernoitavam nos campos, guardando os seus rebanhos durante a noite. Um anjo do Senhor apareceu-lhes e a glória do Senhor refulgiu em volta deles; e tiveram muito medo. O anjo disse-lhes: “Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria, que o será para todo o povo: Hoje, na cidade de David, nasceu-vos um Salvador, que é o Messias Senhor. Isto vos servirá de sinal: encontrareis um menino envolto em panos e deitado numa manjedoura”». (Lc 2, 6-12).

MEDITAÇÃO
«É noite e a neve cai, serena Senhor, Tu nos envias uma mensagem de paz! Também neva na noite da alma nua, nas prisões cheias de pobres corpos em farrapos, sombras esquecidas que já não têm nome que, nas torturas, de fome e de frio se extinguem suspirando... Então, a noite é rasgada pelo grito da sentinela que bate na parede... Uma ordem sussurrada, uma luz que se apaga... Depois, o som dos passos e das correntes torna-se cada vez mais longínquo. Sobre o país, cai a noite, sobre a prisão neva, e lá longe, no mundo, é o dia Santo de Natal!» (Monsenhor Ploscaru)

INTENÇÃO DE ORAÇÃO
Rezemos pelas vítimas das guerras. Por todas e cada uma delas. Não são números, mas nomes, membros de uma família. São mães, pais, filhos e filhas. São nossos irmãos e irmãs, filhos de Deus criados à Sua imagem e semelhança. Rezemos para que se respeite e defenda o direito à vida de todas as pessoas. Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.

4º Mistério Gozozo - APRESENTAÇÃO DO MENINO JESUS NO TEMPLO

«Quando se cumpriu o tempo da sua purificação, segundo a Lei de Moisés, levaram-no a Jerusalém para o apresentarem ao Senhor, conforme está escrito na Lei do Senhor: “Todo o primogénito varão será consagrado ao Senhor” e para oferecerem em sacrifício, como se diz na Lei do Senhor, duas rolas ou duas pombas. Ora, vivia em Jerusalém um homem chamado Simeão; era justo e piedoso e esperava a consolação de Israel. O Espírito Santo estava nele. Tinha-lhe sido revelado pelo Espírito Santo que não morreria antes de ter visto o Messias do Senhor. Impelido pelo Espírito, veio ao templo, quando os pais trouxeram o menino Jesus, a fim de cumprirem o que ordenava a Lei a seu respeito. Simeão tomou-o nos braços e bendisse a Deus, dizendo: “Agora, Senhor, segundo a tua palavra, deixarás ir em paz o teu servo, porque os meus olhos viram a Salvação que ofereceste a todos os povos, Luz para se revelar às nações e glória de Israel, teu povo”». (Lc 2, 22-32)

MEDITAÇÃO
«O homem, apegado às realidade terrenas, faz todo o possível para que a sua existência neste mundo seja melhor e mais bela. Quanto a nós que acreditamos no Reino Eterno, devemos tudo fazer para nele receber a recompensa que é grande... do que precisamos é de armas espirituais e, dentre elas, sobretudo a oração». (Franz Jägerstatter)

INTENÇÃO DE ORAÇÃO
Rezemos pelos líderes políticos de todo o mundo, para que se decidam a procurar a paz e o bem de todos, e para que deixem de pensar nos seus próprios interesses e poder. Rezemos pelos que trabalham pela paz, para aliviar a dor dos povos em guerra, para secar as lágrimas dos que sofrem, para que não se cansem de o fazer apesar das ameaças internas e da indiferença do mundo. Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.

5º Mistério Gozozo - O MENINO JESUS ENTRE OS DOUTORES

«Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, pela festa da Páscoa. Quando Ele chegou aos doze anos, subiram até lá, segundo o costume da festa. Terminados esses dias, regressaram a casa e o menino ficou em Jerusalém, sem que os pais o soubessem. Pensando que Ele se encontrava na caravana, fizeram um dia de viagem e começaram a procurá-lo entre os parentes e conhecidos. Não o tendo encontrado, voltaram a Jerusalém, à sua procura. Três dias depois, encontraram-no no templo, sentado entre os doutores, a ouvi-los e a fazer-lhes perguntas. Todos quantos o ouviam, estavam estupefactos com a sua inteligência e as suas respostas. Ao vê-lo, ficaram assombrados e sua mãe disse-lhe: “Filho, porque nos fizeste isto? Olha que teu pai e eu andávamos aflitos à tua procura!” Ele respondeu-lhes: “Porque me procuráveis? Não sabíeis que devia estar em casa de meu Pai?” Mas eles não compreenderam as palavras que lhes disse. Depois desceu com eles, voltou para Nazaré e era-lhes submisso. Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração. E Jesus crescia em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e dos homens». (Lc 2, 41-52).

MEDITAÇÃO
«Quando pensamos no futuro, pensamos nele como no passado. Não temos a imaginação de Deus. Amanhã será outro dia e não podemos imaginá-lo. A isto chama-se pobreza. Meu Deus, estarei completamente realizado no lugar que me queres dar. O futuro pertence a Deus que quer cumular-nos de bens». (Padre Christian de Chergé)

INTENÇÃO DE ORAÇÃO
Rezemos para que a esperança não enfraqueça. Rezemos para que Jesus Cristo, príncipe da Paz e Luz do Mundo, conceda confiança aos povos em guerra, para que transbordem de esperança, pela força do Espírito Santo. Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.

ORAÇÃO FINAL PELA PAZ

Escuta a minha voz, porque é a voz das vítimas de todas as guerras e da violência entre os indivíduos e os povos…
Escuta a minha voz, porque é a voz de todas as crianças que sofrem e sofrerão, enquanto os povos colocarem a sua confiança nas armas e na guerra…
Escuta a minha voz, quando Te peço para infundir nos corações de todos os seres humanos a sabedoria da paz, a força da justiça e a alegria da amizade…
Escuta a minha voz, porque falo pelas multidões que, em todos os países e em todos os tempos, não querem a guerra e estão prontas a percorrer o caminho da paz…
Escuta a minha voz e dá-nos a força para podermos responder sempre ao ódio com o amor, à injustiça com uma dedicação total à justiça, à miséria com a partilha...
Ó Deus, escuta a minha voz

Category:
Portuguese