Pregação e Cultura

Pregação e Cultura foi o tema de estudo, reflexão e celebração, da 56.ª Peregrinação Nacional do Rosário e da Família Dominicana ao Santuário de Fátima.

Este encontro anual da Família Dominicana, - sendo um grande momento de pregação, de evangelização, - une e congrega os vários membros da Família Dominicana: os frades (Irmãos Dominicanos), os associados do Apostolado do Rosário (rosaristas), os leigos (Laicado Dominicano), as Irmãs de Vida Activa (Dominicanas Irlandesas, Dominicanas de Santa Catarina de Sena, Missionárias Dominicanas do Rosário, Missionárias Dominicanas de S. Domingos) e os Jovens Dominicanos.
Este evento exige sempre muita dedicação dos vários membros da Família Dominicana, no entanto, este ano salientamos os trabalhos da Pastoral Juvenil, que dá sempre um novo rosto à Peregrinação, e de um modo especial, o testemunho e a participação dos leigos.

Os peregrinos, a grande maioria associados do Apostolado do Rosário, vindos de todas as partes do país e também de Espanha, de Sevilha (Dos Hermanas), manifestaram-nos o seu modo de ser e estar na Igreja, a vivência da fé, o amor a Deus e à Virgem Maria, à Igreja, a Jesus Cristo, e à oração do Rosário.

Todos os momentos da Peregrinação são sempre uma autêntica pregação: a oração do Rosário, a Vigília de Oração e a celebração da Eucaristia são autênticos momentos de acolhimento e reflexão que nos levam a alicerçar a nossa vida em Cristo e a caminhar firmes na fé, ao jeito de S. Domingos de Gusmão, fundador da Ordem dos Irmãos Pregadores (Dominicanos).

A Pregação do Rosário nas diferentes culturas leva-nos, em primeiro lugar, a acolher Cristo, que significa receber do Pai o mandato de viver no amor fraterno, como fizeram S. Domingos, Sta. Catarina de Sena, Madre Teresa de Saldanha, a Beata Ascensão Nicol Goñi e tantos outros membros da Família Dominicana.

Por Maria, sua Mãe, Jesus Cristo, convida-nos a sermos contemplativos, amantes da oração, e coerentes com a nossa fé, generosos no serviço aos irmãos, membros vivos da Igreja e construtores da paz, do amor e do perdão, na luta contra a mentira, a injustiça, a miséria física, moral e espiritual. Somos convidados a viver na verdade, abertos e disponíveis à vontade de Deus.

A Pregação começa pela nossa disponibilidade para escutar Deus, ouvir os seus apelos, perceber a sua vontade. A Peregrinação Nacional do Rosário é sempre um autêntico momento de escuta e contemplação dos Mistérios do Rosário, de Jesus e Sua Mãe, que nos convidam, hoje e sempre, para a Pregação, amando e respeitando todas as culturas, todos os povos, com as suas tradições e riquezas espirituais e culturais.

Category:
Portuguese