Deus é amor e tem misericórdia!

Editorial - Junho 2016 - Nº 410

Tema do ano 2015-2016:
«Permanecei no meu amor» (João 15,9)

 

A Misericórdia, é o amor de Jesus que vem nos salvar! Seu Pai vem tomar-nos com Ele no Reino do Amor! Vimo-lo com Maria e João aos pés da Cruz escorrer do coração trespassado de Jesus. Vimo-lo no sepulcro vazio com Pedro e João na manhã de Páscoa. E a Maria Madalena que o queria guardar, Jesus anuncia o termo da sua missão: Vou para o meu Pai que se tornou vosso Pai! Eis todo o Evangelho, a boa- nova que perturba toda a nossa vida: Podemos chamar o Pai de Jesus nosso Pai. Ele faz de nós seus filhos em Cristo! E ninguém no mundo pode tirar-nos essa alegria!

Esse Amor de Deus é a fonte da Misericórdia que não secará jamais

Se vós me amásseis, diz Jesus, seríeis felizes de me ver regressar junto de meu Pai! Mas uma partida dá tristeza, pois sabemos o que perdemos mas não sabemos o que vamos encontrar! É tempo de viver a Ascensão de Jesus como uma imensa festa pois ela coroa toda a missão repleta e conseguida de Jesus! Sim, o Amor foi até ao fim e saiu vitorioso sobre a morte e sobre tudo o que conduz à morte!

É tempo também de viver do Espírito Santo pois ele é verdadeiramente o Espírito de Cristo Ressuscitado que conduz a sua Igreja. Alguns dizem que não podemos alegrar-nos enquanto haja esse fluxo de refugiados ou essas vítimas dos atentados horríveis.

A comissão internacional de teologia vem de afirmar: «Matar em nome de Deus é uma heresia!» E isso aconteceu tantas vezes na história!

Então que fazer? Ficar sozinho, de lado? Não, a alegria que nos dá definitivamente Jesus Ressuscitado traz-nos a força de amar como Jesus nos amou! Até ao fim! E Maria não fica abatida perante o crime da cruz, ela permanece de pé e olha até ao fim para o seu Filho que salva o mundo por amor! É esse amor que nos salva da violência que poderíamos fazer aos outros, da inveja, do espírito de despique ou de dominação.

Que as nossas Equipas em todo o mundo vivam e partilhem essa alegria de amar em nome do verdadeiro Deus mais forte que a violência que parece arrastar o mundo nessa folia!

Então sim, poderemos reconhecer todos os sinais da presença de Cristo Ressuscitado no nosso mundo: A sua Palavra viva e partilhada, o seu corpo entregue em cada Eucaristia, o mandamento do amor fraterno, o acolhimento do pobre e do pequeno que está sem ajuda, o Espírito que sopra onde ele quer!

Sim, em verdade cantemos em conjunto o Aleluia da nossa alegria!



Irmão Gilles Danroc op
Assistente internacional


Editorial - Dezembro de 2016 - Nº 415


Équipes du Rosaire International
5 rue Destouches
F-37400 – AMBOISE
FRANCIA
Équipes International

Category:
Portuguese