Festa de Nossa Senhora do Rosário (7 de Outubro)

O Rosário é, sem dúvidas, a oração mais segura e eficaz para alcançar a paz mundial. Enquanto rezamos o Pai-nosso, a Avé-Maria e o Glória ao Pai, meditamos nos grandes Mistérios de Jesus e de Maria, desde a Encarnação do Filho de Deus até à glorificação definitiva da SS.ma Virgem, como Rainha do Céu e da Terra. A oração do Rosário é, de facto, o “Evangelho abreviado”, e, como dizia Pio XI em 1937, “a rainha de todas as devoções marianas”. Através da oração do Rosário louvarmos a Santíssima Trindade, meditando e “contemplando com ao olhos de Maria” a vida de Seu divino Filho, nos seus mistérios gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos; os quais são celebrados no decorrer do Ano Litúrgico.

Como sabemos, o milagre da vitória da batalha de Lepanto, - na qual os cristãos venceram os turcos, a 7 de Outubro de 1571, - deu origem à festa de Nossa Senhora da Vitória, instituída por S. Pio V (da Ordem Dominicana) e, o Papa Gregório designou-a Festa de Nossa Senhora do Rosário.

Esta devoção esteve sempre presente na vida de grandes santos e de muitos povos. Hoje, de igual modo, são muitas as nações que prestam à SS.ma Virgem um amor e dedicação filial, tendo em atenção o que nos legou nas suas aparições em Lourdes e Fátima, pedindo a emenda de vida, isto é, a fidelidade ao Evangelho, e a oração assídua do Rosário, como meio para alcançar a paz e as bênçãos e graças de Deus.

Os Papas dos últimos cem anos tornaram-se os grandes mensageiros desta devoção: Leão XIII, Bento XV, Pio XI, Pio XII, João XXIII, Paulo VI e João Paulo II publicaram documentos transcendentes sobre o Rosário. O grande papa João Paulo II iniciou, em 1978, a sua missão pontifícia dizendo: “O Rosário é a minha devoção predilecta”. Tinha razão no que dizia e fazia. Procuremos seguir o seu exemplo: Rezar o Rosário com toda a fé e confiança em Jesus e Sua Mãe Santíssima.

Rainha do Santíssimo Rosário, rogai por nós

Category:
Portuguese